Bem Vindo Visitante 8472732. Hoje é Terça-Feira, 21 de Outubro de 2014· PESQUISAR · SITEMAP · VERSÃO INGLÊS

Produced by Adrian Frey   |   Developed by Claudio Fauvrelle
Vodacom Mozambique
 
KPMG Mozambique
 
Publicidade
Anuncie Aqui!

Motorcare Moçambique
Crystal Smile
 
Últimos Classificados

Salgados Caseiros (12)
Para Aluguer: Escritórios Modernos E Mobilados (304)
Mitsubishi Pajero Io (653)
Oferta De Trabalho Na Escola Françesa De Maputo (1160)
Terrenos No Bilene (1086)
1999 Honda Crv (827)


Últimos Concursos

Prestação De Serviços, Empreitada De Obras, E Fornecimento
Construção Da Residência Protocolar Da Dpturi
Reabilitação Da Residência Da Dpji
 

Moçambique Câmbios

MoedaCompraVenda
EUR39,3439,60
USD30,7530,95
ZAR2,772,79

Data: 20/10/2014
Fonte: Banco Moçambique
Admin LogIn
Username

Password



Noticias para Desenvolvimento Social

Para melhorar a qualidade de leitura e escrita: Ministério da Educação introduz o ensino pré-primário




Ouvir com webReader
Enviar a um Amigo!


Publicidade




clubofmozambique (2010-05-18) O Ministério da Educação projecta para breve a reintrodução do ensino pré-primário, como parte dos esforços visando a melhoria da qualidade de escrita e de leitura dos alunos, segundo garantias dadas pelo titular do pelouro, Zeferino Martins.

Explicou que este nível de ensino vai abranger crianças de 4 e 5 anos, para que possam ter um ciclo preparatório especial e que lhes habilite encarar a 1ª classe sem muitas dificuldades.

Zeferino Martins disse que o que se tem notado é uma grande diferença entre crianças que têm um primeiro contacto com a educação pré-primária, com as que não frequentam nenhum infantário, as quais matriculadas na 1ª classe, têm grandes dificuldades de leitura e escrita. Assim e como forma de procurar inverter a situação, antes de serem integradas na primeira classe, as crianças deverão passar pelo ensino pré-primário.

Presentemente, de acordo com Zeferino Martins, estão em estudo várias propostas para que isso seja materializado o mais breve possível, como parte das acções que o seu ministério está a realizar, visando suprir os problemas de leitura e escrita que se registam nas classes iniciais do ensino primário.

“Temos constatado que as dificuldades que as crianças apresentam na primeira classe podiam muito bem ser evitadas se elas frequentassem o pré-primário. Assim, queremos que elas tenham um primeiro contacto com o ensino a partir do nível pré-primário, que se familiarizem com a escola, com os colegas e os professores, um/dois anos antes de serem matriculadas na 1ª classe.

O que se nota é que porque nunca tiveram qualquer contacto com o mundo pré-primário levam tempo a aprender, enquanto que as crianças que frequentam infantários são mais habilidosos, daí que iremos reintroduzir este nível de ensino, como forma de todas elas familiarizarem-se com a escola” – apontou.

A fraca capacidade de leitura e escrita por parte de alguns alunos do primeiro grau de Ensino Primário levou o MINED a desenvolver uma campanha de jornadas pedagógicas visando dotar os professores das classes iniciais de conhecimentos e capacidades que possam garantir a introdução de novos mecanismos de ensino e aprendizagem para que os alunos saibam ler e escrever.

A educação é encarada como um direito fundamental de cada cidadão, um instrumento para a afirmação e integração do indivíduo na vida social, económica e política, um factor indispensável para a continuação da construção de uma sociedade moçambicana baseada nos ideais da liberdade, da democracia e da justiça social e também como instrumento principal da formação e preparação da juventude para a sua participação efectiva na edificação do País.

fonte: Rádio de Moçambique


Pin It




Comentar Print this article | Esta notícia foi lida : 1515 vezes.

Publicidade
Anuncie Aqui!

BeForward Japanese Used Cars
Parceiros


Vodacom Moçambique


Cardoso Hotel


MMO, Mozambique Managed Offices Lda


Internet Solutions


Frexpo


Pam Golding Mozambique


Combustíveis
Gasolina Diesel
MT47.52 p/litro* MT36.81 p/litro*

* preços vàlidos para Maputo, Beira e Nacala

O Governo alterou os preços no dia 06/07/2011
Visto melhor com uma resolução de 1024x768 px.
   WAP Enabled