Bem Vindo Visitante 8277243. Hoje é Sabádo, 20 de Setembro de 2014· PESQUISAR · SITEMAP · VERSÃO INGLÊS

Produced by Adrian Frey   |   Developed by Claudio Fauvrelle

 
KPMG Mozambique
 
Publicidade
Anuncie Aqui!

Motorcare Moçambique
Crystal Smile
 
Últimos Classificados

Mitsubishi Pajero Io (264)
Oferta De Trabalho Na Escola Françesa De Maputo (687)
Trabalhe Para O Unicef Moçambique: 11 Vagas Disponíveis Até 1 De Setembro (1037)
Terrenos No Bilene (725)
1999 Honda Crv (526)
Oportunidade De Carreira (1166)


Últimos Concursos

Provedor De Serviços De Assistência Social Na República Da África Do Sul No âmbito De Saúde
Colocação De Divisórias Nos Gabinetes
Sementes De Cereais E Leguminosas, Semente De Hortícolas
 

Moçambique Câmbios

MoedaCompraVenda
EUR39,5039,76
USD30,4730,67
ZAR2,792,81

Data: 18/09/2014
Fonte: Banco Moçambique
Admin LogIn
Username

Password



Noticias para Moçambique

Cidade de Maputo: INAV encerra escolas de condução




Ouvir com webReader
Enviar a um Amigo!


Publicidade
Hotel Cardoso




clubofmozambique (2011-05-10) Duas escolas de condução de veículos automóveis localizadas na cidade de Maputo acabam de ser encerradas provisoriamente e proibidas de fazer novas admissões devido à uma série de irregularidade, escreve o jornal Notícias na sua edição de hoje.

Trata-se das escolas de Condução Índico e Namuli fechadas semana passada no âmbito de uma “ofensiva” contra os estabelecimentos que funcionam à margem das normas e concorrendo para a ocorrências de desmandos no sector de viação.

Para voltar a operar, os dois estabelecimentos deverão sanar todas as anomalias detectadas e solicitar vistorias junto do Instituto Nacional de Viação (INAV), segundo Taibo Issufo, director-geral do instituto.

A situação da Escola de Condução Namuli é descrita como grave, pois nos últimos tempos funcionava apenas com duas viaturas de instrução contra o mínimo de três exigidos pela lei para os estabelecimentos de género situados nas cidades.

Por força do Regulamento de Funcionamento das Escolas de Condução, aquele tipo de estabelecimento de ensino devia dispor de equipamento de projecção, quadros ilustrativos de sinais de trânsito, sala de aulas técnica e de espera, material que Namuli não tem.

O mais grave ainda, de acordo com a fonte do Notícias, é que os instrutores da escola continuavam a utilizar sinais de trânsito revogados há mais de um ano, induzindo em erro os instruendos.

Situação similar foi encontrada na Escola de Condução Indico, criada em 1993.

Conforme explicou o director-geral, a situação verificada nas duas escolas pode ser encontrada na maioria dos 103 estabelecimentos existentes em todo o país. Assim sendo, nos próximos tempos mais unidades de ensino podem ser suspendidas sobretudo na cidade capital, onde funcionam 32.

Aliás, há escolas que nem pagam manifesto das suas viaturas nos termos das normas em vigor. Outras ainda permitem que instruendos façam exames sem cumprir o mínimo de aulas teóricas e práticas determinadas.

Fonte: RM


Pin It




Comentar Print this article | Esta notícia foi lida : 1398 vezes.

Publicidade
Anuncie Aqui!

BeForward Japanese Used Cars
Parceiros


Vodacom Moçambique


Cardoso Hotel


Internet Solutions


Frexpo


Pam Golding Mozambique


LM Radio


Combustíveis
Gasolina Diesel
MT47.52 p/litro* MT36.81 p/litro*

* preços vàlidos para Maputo, Beira e Nacala

O Governo alterou os preços no dia 06/07/2011
Visto melhor com uma resolução de 1024x768 px.
   WAP Enabled