Bem Vindo Visitante 7372402. Hoje é Sexta-Feira, 18 de Abril de 2014· PESQUISAR · SITEMAP · VERSÃO INGLÊS

Produced by Adrian Frey   |   Developed by Claudio Fauvrelle

 
KPMG Mozambique
 
Publicidade
Anuncie Aqui!

Motorcare Moçambique
 
Últimos Classificados

Camião E Veículo à Venda (86)
AnÚncio De Vagas Save The Children 2 (193)
AnÚncio De Vagas Save The Children (133)
Club Of Mozambique: Vaga De Jornalista (255)
Carrinho De BebÉ (139)
Gestor Nacional Da Rede Troca Aki (230)


Últimos Concursos

Contratação De Um Consultor Para Elaboração De Um Projecto Executivo Para Construção De Um Mercado Modelo De Referência
Compra De Bens Abatidos Pelo Estado
Contratação, Fornecimento, Manutenção E Reparação E Aquisição De Diversos
 

Moçambique Câmbios

MoedaCompraVenda
EUR41,9842,26
USD30,4330,63
ZAR2,912,93

Data: 14/04/2014
Fonte: Banco Moçambique
Comentários

Envie-nos seu comentário sobre este website.

Últimos Comentários
Visitantes Online
Online Visitors: 13

Admin LogIn
Username

Password



Noticias para Moçambique

Problemas nos prédios de habitação: Novo regulamento para gestão de condomínios




Ouvir com webReader
Enviar a um Amigo!


Publicidade




clubofmozambique (2013-03-20) Um novo ordenamento jurídico visando uma melhor gestão dos condomínios a nível dos centros urbanos vai ser introduzido no país. Para o efeito, o Conselho de Ministros aprovou ontem a revisão do Decreto n.º 63/99, de 8 de Setembro, sobre o Regulamento do Regime Jurídico do Condomínio.

O Governo pretende desta forma estabelecer regras de convivência entre os proprietários e inquilinos das fracções autónomas dos condomínios, bem como os aspectos inerentes à utilização dos espaços comuns.

Segundo o Ministro das Obras Públicas e Habitação, Cadmiel Muthemba, o novo dispositivo vem para suprir os inúmeros problemas inerentes à gestão dos condomínios, clarificando as responsabilidades dos condóminos, incluindo os órgãos do Estado relativamente a esta matéria.

Cadmiel Muthemba explicou que o novo Regulamento do Regime Jurídico do Condomínio vai melhorar os processos de gestão e conferir maior autoridade aos órgãos dos condomínios, nomeadamente as comissões de moradores.

O facto é que desde que os imóveis do Estado, na altura geridos pela Administração do Parque Imobiliário do Estado (APIE) foram alienados, assiste-se a um grande défice na gestão dos prédios, isto por falta de uma clarificação das regras de convivência entre os proprietários e inquilinos das fracções autónomas.

Por exemplo, até ao momento, não existia nenhum instrumento que obrigasse a comparticipação dos condóminos nas despesas de manutenção e/ou outras relativas ao condomínio.

Aliás, a questão da falta de um instrumento jurídico que obrigasse a comparticipação dos condóminos é uma matéria que vem sendo levantada há vários anos pela associação da comissão de moradores de Maputo.

No entanto, o novo dispositivo vai estabelecer regras que vão fazer do condómino um agente activo na gestão do condomínio.

Para o efeito, o novo decreto irá determinar a criação da assembleia dos condóminos, órgão responsável pelo estabelecimento do tipo e da modalidade de gestão do condomínio, bem assim pelo regulamento sobre os direitos e obrigações dos condóminos.

Conforme a explicação do ministro das Obras Públicas e Habitação, cada condomínio irá estabelecer o seu regulamento de funcionamento tendo em conta as especificidades próprias, numa base de consenso entre os moradores.

As assembleias locais de cada condomínio passam a ter competências para elaborar e implementar os regulamentos internos. Serão as assembleias a determinar o tipo de gestão, podendo, tal como explicou o ministro, recorrer à contratação de serviços para a administração do condomínio.

O novo regime jurídico do condomínio vem sendo discutido desde 2010, envolvendo as diferentes comissões de moradores existentes em diversos imóveis do país.

Fonte: Notícias


Pin It




Comentar Print this article | Esta notícia foi lida : 839 vezes.

Publicidade
Anuncie Aqui!

BeForward Japanese Used Cars
Parceiros


Vodacom Moçambique


Cardoso Hotel


Internet Solutions


Frexpo


Pam Golding Mozambique


LM Radio


Opinião
Qual a sua opinião acerca da inspecção de viaturas?

Uma boa decisão!

Deviam melhorar as infra-estruturas primeiro!

Discordo, não é preciso!

As exigências são muito severas, não há dinheiro para tantas alterações!

Combustíveis
Gasolina Diesel
MT47.52 p/litro* MT36.81 p/litro*

* preços vàlidos para Maputo, Beira e Nacala

O Governo alterou os preços no dia 06/07/2011
Visto melhor com uma resolução de 1024x768 px.
   WAP Enabled