Bem Vindo Visitante 7932345. Hoje é Terça-Feira, 29 de Julho de 2014· PESQUISAR · SITEMAP · VERSÃO INGLÊS

Produced by Adrian Frey   |   Developed by Claudio Fauvrelle

 
KPMG Mozambique
 
Publicidade
Anuncie Aqui!

Motorcare Moçambique
 
Últimos Classificados

Oportunidade De Carreira (9)
Professor De Piano E Pianista (705)
Vende-se Máquinas De Processamento De Caju / Compressoras / Gerador 300kw (570)
Toyota Hilux Surf. 3.0 Turbo Diesel. 1993 (849)
Vaga Na Frexpo: Office Manager (995)
Venda De Viatura: Nissan Hardbody 3.2d (1172)


Últimos Concursos

Fornecimento De Géneros Alimentícios, Material De Higiene E Limpeza, Material De Escritório E Fornecimento De Combustíveis E Lubrificantes
Fornecimento De Aparelhos Gps, Materiais Para Medição Geológica E Montagem De Grades
Concurso Para A Construção E Montagem Do Eco-saneamento E Sistema Potável Para Terra Verde Do Instituto Agrário De Bilibiza No Distrito De Quissanga
 

Moçambique Câmbios

MoedaCompraVenda
EUR41,0141,28
USD30,4630,66
ZAR2,892,91

Data: 24/07/2014
Fonte: Banco Moçambique
Admin LogIn
Username

Password



Noticias para Moçambique

Passageiro clandestino que caiu de um avião é moçambicano




Ouvir com webReader
Enviar a um Amigo!


Publicidade
Hotel Cardoso




(2013-04-12) A polícia britânica anunciou em Londres ter identificado o passageiro clandestino que caiu de um avião numa estrada nas proximidades do Aeroporto de Heathrow, em Setembro do ano passado, como sendo José Matada, um cidadão moçambicano.

Inicialmente, as autoridades britânicas pensaram que se tratava de um cidadão angolano pelo facto de Matada, 30 anos, ter sido encontrado na posse de kwanzas, dinheiro daquele país.

Ademais, o seu corpo foi descoberto numa altura em que o avião da companhia British Airways, proveniente de Luanda, baixou o trem de aterragem quando se preparava para aterrar no Aeroporto de Heathrow.

Para lograr os seus intentos, Matada escondeu-se no trem de aterragem de um avião de passageiros, mas caiu de uma altura de cerca de 750 metros quando o avião estava prestes a aterrar em Londres.

Contudo, a polícia conseguiu descobrir através do cartão SIM do seu telemóvel, encontrado na sua posse que, efectivamente, se tratava de um cidadão moçambicano.

As autoridades britânicas estão em contacto com a sua contraparte moçambicana para localizar a sua família.

A autópsia conduzida no Kingston Hospital Mortuary, a 11 de Setembro de 2012, concluiu que a morte de Matada foi resultado de múltiplos ferimentos.

Fonte: (AIM)


Pin It




Comentar Print this article | Esta notícia foi lida : 1168 vezes.

Publicidade
Anuncie Aqui!

BeForward Japanese Used Cars
Parceiros


Vodacom Moçambique


Cardoso Hotel


Internet Solutions


Frexpo


Pam Golding Mozambique


LM Radio


Combustíveis
Gasolina Diesel
MT47.52 p/litro* MT36.81 p/litro*

* preços vàlidos para Maputo, Beira e Nacala

O Governo alterou os preços no dia 06/07/2011
Visto melhor com uma resolução de 1024x768 px.
   WAP Enabled