Bem Vindo Visitante 8349345. Hoje é Quinta-Feira, 02 de Outubro de 2014· PESQUISAR · SITEMAP · VERSÃO INGLÊS

Produced by Adrian Frey   |   Developed by Claudio Fauvrelle
Vodacom Mozambique
 
KPMG Mozambique
 
Publicidade
Anuncie Aqui!

Motorcare Moçambique
Crystal Smile
 
Últimos Classificados

Mitsubishi Pajero Io (438)
Oferta De Trabalho Na Escola Françesa De Maputo (863)
Trabalhe Para O Unicef Moçambique: 11 Vagas Disponíveis Até 1 De Setembro (1317)
Terrenos No Bilene (854)
1999 Honda Crv (630)
Oportunidade De Carreira (1311)


Últimos Concursos

Prestação De Serviços, Empreitada De Obras, E Fornecimento
Construção Da Residência Protocolar Da Dpturi
Reabilitação Da Residência Da Dpji
 

Moçambique Câmbios

MoedaCompraVenda
EUR39,0239,28
USD30,7030,90
ZAR2,722,74

Data: 30/09/2014
Fonte: Banco Moçambique
Admin LogIn
Username

Password



Noticias para Moçambique

Governo aprova novos salários mínimos em Moçambique




Ouvir com webReader
Enviar a um Amigo!


Publicidade




clubofmozambique (2013-04-17) O Conselho de Ministros aprovou ontem, durante a sua 10 a sessão ordinária, uma nova tabela dos salários mínimos por sector de actividade em Moçambique, com efeitos a partir de 1 de Abril corrente.

Segundo a nova tabela, o maior incremento foi atribuído a indústria de extracção de minerais, cujo salário mínimo passa de 3.526 meticais para 4.651 meticais, como resultado de um ajuste de 31,91 por cento (um dólar equivale a cerca de 30 meticais ao câmbio corrente).

“Ainda no mesmo sector de indústria de extracção de minerais, exclusivamente para pedreiros e areeiros, o salário mínimo passa de 3.295 meticais para 3.888 meticais, em resultado de um ajustamento de 18,01 por cento”, anunciou o porta-voz do Conselho de Ministros, Alberto Nkutumula, que também desempenha as funções de vice-ministro da justiça.

Para o sector da agricultura, caça e silvicultura o salário mínimo passa de 2.300 para 2.500 meticais, que corresponde a um reajuste é de 8,70 por cento.

Na pesca industrial e semi-industrial o salário mínimo subiu de 2.680 para 2.850 meticais, uma subida de 6,34 por cento, enquanto o sector da pesca da kapenta o salario mínimo passou de 2.485 para 2.645 meticais, ou seja um incremento de 6,43 por cento.

Na indústria transformadora o incremento salarial foi de 10 por cento, tendo passado de 3.585 para 3.943 meticais. A mesma percentagem foi atribuída ao sector de construção, que subiu de 3.177 para 3.495 meticais.

No caso exclusivo da indústria de panificação, o salario mínimo passou de 3.021 para 3.195 meticais, um aumento de 5,75 por cento.

Para o sector de produção, distribuição de electricidade gás e água o salario mínimo passou de 3.817 passa para 4.107 meticais, um reajuste de 7,6 por cento.

O governo decidiu atribuir nove por cento ao sector das actividades dos serviços não financeiros, cujo salário mínimo passa de 3.510 meticais para 3.826 meticais. O sector das actividades financeiras teve um ligeiramente superior, comparativamente ao de serviços não financeiros, ao passar de 6.571 de para 6.817 meticais, que corresponde a um aumento de 10,47 por cento.

Para o caso do sector público, incluindo saúde, defesa e segurança, Nkutumula explicou que o reajustamento será em função das carreiras profissionais, mas que não deverá ser inferior a sete por cento.

“Portanto, o salário mínimo da carreira mais baixa deixa de ser de 2.522 meticais e passa para 2.699 meticais”, disse o porta-voz do governo, para de seguida acrescentar, “ainda está a ser trabalhada a tabela de reajustamento consoante as carreiras na função pública e muito brevemente o Conselho de Ministros vai-se pronunciar sobre o assunto.

Questionado sobre o caso dos médicos, que no início do corrente ano chegaram a organizar uma greve para reivindicar uma serie de questões, incluindo o salário, Nkutumula reiterou que “o salário dos médicos da polícia, dos professores e docentes em geral e demais funcionários, ainda está a ser trabalhado consoante as carreiras. O assunto foi abordado pelo conselho de Ministros mas como ainda não chegamos a uma conclusão sobre o aumento em termos percentuais”.

O governo vai pronunciar-se sobre o assunto em devido tempo, explicou Nkutumula.

Na mesma sessão, o Conselho de Ministro aprovou uma resolução que nomeia Alfiado Julai Sitoi para o cargo de Presidente do Conselho de Administração (PCA) do Instituto Nacional de Administração de Transportes Terrestres (INATTER) e outra resolução que designa Emanuel José da Conceição Chaves para PCA da empresa Aeroportos de Moçambique.

Nkutumula explicou que a INATTER é uma instituição criada recentemente e que resulta da extinção do Instituto Nacional de Viação (INAV) e, por isso, ainda tinha um PCA.

No caso da ADM o PCA cessante, Manuel Veterano, chegou ao fim do seu mandato.

A presente sessão também aprovou uma resolução que autoriza o ministro dos transportes e comunicações a negociar o empreendimento na forma de parceria público-privada com a sociedade constituída entre as empresas pública ENH e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) para, em regime de concessão construir, gerir e operar os terminais portuário de Pemba e Palma, para o apoio logístico e portuário as operações petrolíferas na província de Cabo Delgado.

Fonte: (AIM)


Pin It




Comentar Print this article | Esta notícia foi lida : 2192 vezes.

Publicidade
Anuncie Aqui!

BeForward Japanese Used Cars
Parceiros


Vodacom Moçambique


Cardoso Hotel


Internet Solutions


Frexpo


Pam Golding Mozambique


LM Radio


Combustíveis
Gasolina Diesel
MT47.52 p/litro* MT36.81 p/litro*

* preços vàlidos para Maputo, Beira e Nacala

O Governo alterou os preços no dia 06/07/2011
Visto melhor com uma resolução de 1024x768 px.
   WAP Enabled